LiveZilla Live Help
Secretaria On-line

69 dicas de internet para estudantes

Out 30 2012 Com o acesso à internet cada vez maior para os estudantes, ficou quase inimaginável fazer uma pesquisa offline. Por isso, confira 69 dicas de internet para estudantes.

69 dicas para estudantes na internet


No Brasil, a internet chega cada vez mais aos lares das pessoas. Como consequência, esta se transformou num importante aliado do aluno para suas pesquisas e aprendizado. Hoje em dia, pode-se aprender praticamente tudo online. Por isso, nada melhor do que algumas dicas para potencializar o uso dela para ajudar você nos seus estudos e pesquisas.

69 dicas de internet para estudantes - 1. Navegadores

É essencial que você tenha um bom navegador para realizar qualquer atividade na internet. O mais recomendado é o Mozilla Firefox, um dos melhores disponíveis atualmente. Boas alternativas: Google ChromeOpera e Safari.

 

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 2. Pesquisa

Não existe uma ferramenta ideal de pesquisa que satisfaça todas as suas necessidades, mas você pode começar com as seguintes:

 

1- Ottobib, para pesquisas bibliográficas.

2- Google Reader, para inscrever-se nos melhores “feeds” da internet.

3- Spreeder, para ajuda-lo a ler mais rapidamente.

4- Dictionary.com, para consultar definições e significados.

5- SpellJax, para confirmar que você não teve erros de ortografia em inglês.

6- Google Video e até o Youtube, para aprender por meio de vídeos.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 3. Aprendendo e fazendo brainstorm

A pesquisa é inútil se você não estiver aprendendo nada. Uma forma inteligente de aprender algo é usar mapas conceituais. Recomenda-se que você use o XMind e o FreeMind. Alternativas: Mindomo,MindmeisterCmapComapping.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 4. Comunicação: e-mail e chat

Essas duas subcategorias formam a base da comunicação via internet. Ambas oferecem vantagens em relação ao telefone, inclusive pela possibilidade de anexar informações e poder responder aos outros na hora que convém a você. E-mail recomendado: ThunderbirdGMailMozilla SeaMonkey. Chats recomendados: Adium (Mac OS X) ou Pidgin (Windows, Mac). Alternativa: Meebo.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 5. Ferramentas de colaboração

Colaboração vai além de projetos de negócios como GanttProject e entra nas funcionalidades de chat e documentos editáveis, entre outras ferramentas. Use o programa Campfire. Alternativas: Scriblink e Skype. Neste último, você pode fazer conferências online e enviar pastas e documentos ao mesmo tempo.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 6. Gráficos e diagramação

Para ferramentas de gráficos, visualizações, edição, gráficos 3D e diagramação, recomendamos: Inkscape,GimpBlender e Gliffy.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 7. Edição de documento

É normal ter que escrever ensaios e redações para a faculdade. É de praxe também que esses trabalhos sejam em grupo. Por isso, é positivo valer-se de ferramentas de edição de documentos, dessa forma, todos os integrantes podem participar do trabalho ao mesmo tempo. Recomendamos: OpenOffice suite. Alternativas: Google Docs + SpreadsheetsZoho e PDF Creator.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 8. Ferramentas de apresentações

Se você precisa de algumas alternativas para o Power Point, escolha o OpenOffice ou o ZohoShow ou oSlideShare.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 9. Transferência e armanezamento de arquivos

Está precisando compartilhar esses documentos e apresentações com o seu projeto de estudo? Você pode usar esses serviços: FileZilla. Alternativas: FireFTP.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 10. Produtividade e gestão de tarefas

Existe um mercado imenso de produtividade e gestão de tarefas. Nisso, estão incluídos listas de tarefas, calendários e formas híbridas para plataformas de desktops e celulares. Recomendamos: Google CalendarRemenber the MilkTada List. Para seu celular: Jott.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 11. Matemática e modelagem

Mathematica e MathCad são ótimos pacotes, mas, além de caros, estão acima das necessidades dos estudantes, ao menos que você esteja fazendo pós-graduação. Recomendamos: Gbu Octave. Alternativas:Sage MathMathwayOpen Source PhysicsPOV-Ray.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 12. Programação, códigos e web development

Se você quer aproveitar todos os códigos e ferramentas abertas que existem hoje em dia, você provavelmente terá que instalar o Linux no seu computador. Ou, como alternativa, o cygwin para Windows, mas você perderá diversas ferramentas do Linuz. Mesmo que você não queria o Linux, você tem uma série de alternativas: PerlPHPPhytonRuby on RailsEclipseIngres CaféDreamspark. Se você quiser uma multi-plataforma comparável ao FrontPage ou Dreamweaver, tente o NVu.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 13. Blogs e Micro-blogs

O WordPress é o mais recomendado, mas se você não quiser pagar, use o Drupal, wiki-software. Para micro-blog: Twitter.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 14. Fóruns e redes sociais

Precisa de uma rede social para seu time, classe ou projetos de departamentos e matérias? Use oBuddyPress. Alternativa: BBPress ou Vanilla forums.

 

 

69 dicas de internet para estudantes - 15. Finanças pessoais

Para ajudar a gerir os seus ganhos e gastos, recomendamos o Wesabe. Alternativas: DimeWiseMint eMoneytrackin’.

 

 

 


Recém-formados: 7 passos para ser contratado

Out 27 2012

Conseguir um emprego ao deixar a faculdade pode ser uma situação complicada. Aprenda a se inserir no mercado de trabalho com segurança seguindo 7 passos simples

Recém Formados: 7 passos para ser contratado

Se inserir no mercado de trabalho pode ser muito assustador, especialmente quando você acaba de deixar a universidade. Para dar a largada na sua carreira é preciso saber exatamente o que você quer e dedicar-se a seguir os passos corretos. Confira as 7 melhores dicas para que os recém formados sejam contratados.

7 passos para ser contratado: 1. Encontre oportunidades

O primeiro passo envolve muita pesquisa. Vasculhe sites de empresas e agências de emprego online, além das suas redes sociais, como Twitter, Facebook e LinkedIn. Tire vantagem da sua rede de contatos profissionais também. Embora você seja novo na profissão, certamente conhece alguém que pode oferecer alguma ajuda.

7 passos para ser contratado: 2. Inscreva-se

Uma vez que você encontrou vagas que têm o seu perfil e despertam o seu interesse, inscreva-se. Tenha em mente que você precisa começar de algum lugar e tente não ficar indeciso demais ao enviar o seu cadastro. Entretanto, mantenha uma lista das empresas para as quais você se candidatou, é importante não perder o controle nesse momento. Saiba quais são as empresas e o que cada uma delas oferece. Outro aspecto importante é lembrar-se de personalizar seu currículo para cada uma delas.

7 passos para ser contratado: 3. Faça entrevistas

Depois de ter sido escolhido para a fase das entrevistas, você deve ter a consciência de que esse é o estágio mais importante do processo de seleção. Siga a regra dos dois P’s: preparação e profissionalismo. Não vá para a entrevista sem saber nada sobre a companhia, faça uma pesquisa básica para saber os pontos mais importantes a respeito dela, leve cópias do seu currículo. Também se preocupe com questões como o tempo para chegar até o local marcado e qual a melhor rota para fazer isso. Quanto à questão do profissionalismo, trabalhe com ela na escolha das roupas e na maneira como se relaciona com o recrutador.

7 passos para ser contratado: 4. Mantenha contato

É compreensível que você não queria parecer desesperado, mas dedique-se a acompanhar o processo. Saindo da entrevista questione se ainda haverá outras fases de seleção e se já existe uma data prevista para a escolha do melhor candidato. Envie também uma carta de agradecimento pela oportunidade que a empresa deu a você e lembre-se de ligar de vez em quando – sem parecer insistente demais! – só para ter notícias do processo.

7 passos para ser contratado: 5. Lide com a rejeição

Mesmo que não seja na sua primeira entrevista, você terá de passar por isso. E é fundamental que você esteja preparado para lidar com a situação. Embora seja difícil ouvir um não tente tomar essa situação como um acontecimento positivo e aprenda a partir dele. Pergunte quais foram os fatores que levaram o recrutador a recusar o seu trabalho e até mesmo se ele tem alguma indicação de como melhorar esse problema.

7 passos para ser contratado: 6. Negocie salário

Embora seja uma situação bastante delicada, a negociação do salário também é fundamental. Em geral as empresas já oferecem um valor definido e você deve se lembrar que é um profissional em início de carreira, portanto, não pode fazer exigências absurdas. Entretanto, é preciso avaliar se aquele salário corresponde ao seu trabalho e caso você conclua que não, diga isso ao negociador.

7 passos para ser contratado: 7. Dedique-se

Não vá relaxar depois de passar por todas essas fases e conseguir o emprego. Embora você possa lidar com o trabalho de maneira mais tranquila agora que sabe que tem um emprego fixo, não deixe que isso tire o seu foco e a sua dedicação. Procure aprender sempre mais, concentre-se nas tarefas que precisa cumprir e garanta uma boa média de produtividade. Dessa maneira você aumenta as chances de sucesso dentro da empresa.


Fonte: Universia Brasil

 

Convênios

Ago 15 2012

Para viabilizar o acesso ao Ensino Superior, a Faculdade Stella Maris mantém convênios governamentais e também parcerias com outras organizações, como sindicatos, empresas, etc.

As parcerias visam a ofertar cursos com valores e condições diferenciados, a fim de que os colaboradores destas organizações possam matricular-se nos cursos da Faculdade Stella Maris e prosseguir os estudos sem interrupção. Empresas como a Ótica Boris e a Frangolândia e várias outras são parceiras da Instituição e estão melhorando a qualidade de seus serviços, pois estão investindo na educação de seus colaboradores.

Se você também quer ofertar esse benefício aos seus colaboradores, torne-se um parceiro. Outras informações, envie e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou entre em contato pelo telefone 3215-4100.